Prevenção do câncer de mama.

O câncer de mama deve ser diagnosticado o mais cedo possível. Quanto mais cedo diagnosticado, mais chances há para cura-lo. Para isto recomenda-se que as mulheres conheçam seu corpo desde que apresentem o crescimento das mamas na adolescência. O auto-exame das mamas, hoje em dia, deve ser chamado de auto-cuidado, e pode ser feito pelo menos uma vez ao mês.

Após os 40 anos, a mamografia começa a ser um exame importante para a detecção da doença e recomenda-se que seja feito pelo menos uma vez por ano a partir daí. Todas as mulheres deveriam procurar um mastologista para acompanhamento e exame anual durante sua vida, mas principalmente a partir dos 40 anos.

 

Como fazer o auto-exame?

O exame de mamas pode ser feito em frente ao espelho, em pé ou deitada.
Siga as seguintes instruções:

Em frente ao espelho:

Posicione-se em frente ao espelho;
Observe os dois seios, primeiramente com os braços caídos;
Coloque as mãos na cintura fazendo força;
Coloque-as atrás da cabeça e observe o tamanho, posição e forma do mamilo;
Pressione levemente o mamilo e veja se há saída de secreção.

Em pé:

Levante seu braço esquerdo e apoie-o sobre a cabeça;
Com a mão direita esticada, examine a mama esquerda;
Divida o seio em faixas e analise devagar cada uma dessas faixas. Use a polpa dos dedos e não as pontas ou unhas;
Sinta a mama;
Faça movimentos circulares, de cima para baixo;
Repita os movimentos na outra mama.

Deitada

Coloque uma toalha dobrada sob o ombro direito para examinar a mama direita;
Sinta a mama com movimentos circulares, fazendo uma leve pressão;
Apalpe a metade externa da mama (é mais consistente);
Depois apalpe as axilas;
Inverta o procedimento para a mama esquerda.
Caso sinta algum nódulo ou mudança na textura ou tamanho, procure um médico ginecologista. Ele realizará o exame clínico de mama e poderá solicitar a mamografia para avaliar corretamente.

 

Fontes:

Dr. Sergio dos Passos Ramos;

Hospital do Amor.